HISTÓRICO


A maior janela da arquitetura do centro histórico de Tibagi foi reaberta com novos ares e revela mais um empreendimento de sucesso no trade turístico da cidade.

Confira a bela história a seguir

O antigo Bar do Osmar ganhou uma reforma, mas teve muitas de suas características originais preservadas para sediar a loja de artesanato 'O Janelão Arte & Decoração'. Neste antigo e renovado ambiente, história e cultura misturam-se para oferecer aos tibagianos e aos turistas, objetos de decoração e souvenirs da melhor cidadezinha do Brasil.

"Nossa intenção ao alugar este imóvel foi justamente preservar a fachada e valorizar a história dos prédios históricos de Tibagi", explica a empreendedora Simone Arnt, que se inspirou na singularidade da arquitetura para dar nome ao ponto comercial.

Para Simone, o foco da empresa é no turismo cultural e os produtos têm preços bastante variados, atendendo a diferentes perfis de consumidores. “O importante é que o visitante tenha um ambiente agradável, que representa um pouco das tradições da nossa cidade e onde possa encontrar lembrancinhas de Tibagi”, pontua.

O Janelão

Por 26 anos, José Osmar Sedlak viu a vida passar através da janela com mais de 3,5 metros no prédio construído na década de 1920. É uma grande janela para as proporções das casas do centro histórico de Tibagi, feita especialmente para que os frequentadores do local pudessem acompanhar os acontecimentos urbanos dessa vista privilegiada para a praça Leopoldo Mercer, em frente à Igreja Matriz.

E esse cenário, que remete aos anos 70, permaneceu quase intacto até dezembro de 2010 quando seu Osmar fechou as portas do bar mais famoso da cidade. O janelão ficou fechado durante todo o verão, o outono e o inverno, mas no início da primavera de 2011, suas tramelas abriram-se novamente com a inauguração da loja de artesanatos e decorações. "É uma sensação boa de trazer vida novamente a este ponto comercial que fez parte da vida de muitas pessoas", comenta Simone.

*Trecho de matéria publicada no site da Prefeitura de Tibagi


A construção se manteve em pé mesmo após um grande incêndio ocorrido em 1945


A edificação em meados de 1970